O Semeador



Por que estás triste?
Acorde!, veja que dia feio está lá fora!
Ele poderia estar belo, mas não está.
Eu poderia ter milhões... Milhões de milhos.
Só que não plantei.
Então... Por que está triste?
Não há motivos pra isso.
Não há motivo pra nada.
Há sentido em tudo.
Não na lágrima derramada.
Então, por que choras?
Ria! Ria como um louco.
Depois chore....
Mas chore como um bebê arrancado
À força do se ventre amado.

Sobre o autor

“Escrevo pela simples necessidade de sentir meus próprios sentimentos e ouvir meus pensamentos que vagam sem ressonância neste mundo de surdos. Eu escrevo pra tentar compreender a mim mesmo, não para responder questões às quais nunca saberei a resposta.(Roberto Codax)

Roberto Codax. Tecnologia do Blogger.

Playlist